Séries Tudo e Nada

This is us

Ontem foi noite de This is Us. Já perdi a conta às vezes que me disseram que devia ver This is Us porque é sobre trigémeos que não são bem trigémeos, como os meus vão ser — até na maternidade!

Já via This is Us, apaixonei-me pelo melodrama americano assim que estreou na Fox Life. Acho que o primeiro episódio está magistralmente construído e agarra-nos ainda que nunca mais consiga ter a qualidade da estreia. Penso que a segunda temporada está mais fraca, mas continuo a gostar muito, continuo a acompanhar e a emocionar-me em praticamente todos os episódios. Sobretudo, continuo levemente apaixonada pelo Jack.

Das coisas de que mais gosto na série é que não é tudo perfeito. A relação dos protagonistas não é sempre boa, tem os seus problemas, mas resolvem-nos mais como na vida real e menos como é habitual na ficção. Gosto das fragilidades do Jack quase tanto como das suas características de Mr. Right, acho que o tornam realista.

A própria relação dos irmãos entre si ou de cada um deles com cada progenitor tem problemas graves, divergências profundas, mas no fundo são sempre família e estão lá para o que interessa.

Não são perfeitos, como na vida real. No mundo fora da televisão, não há famílias perfeitas, não há famílias sem discussões. Não há relações entre pais e filhos imaculadas, mesmo as que são muito boas têm momentos de desespero.

Eu sei que não terei a relação perfeita com os meus filhos. No entanto, esforçar-me-ei para que, mesmo no meio de discussões, mesmo em tempos de crise, e mesmo quando os nossos feitios chocarem, eles saibam sempre que o meu amor por eles não tem fim.

Em relação a aconselharem-me a ver… ora, acompanhar a história de uma mulher, mãe de três filhos, que, relativamente cedo, fica viúva… é para ficar ainda mais em pânico?  🙂

Quem não vê (ainda há alguém?), veja!

5 Comments

  • Ana Carvalhal

    Inevitavelmente, em todos os episódios, deito uma lágrimazinha 😊 adoro o teu blog Ana! Beijinhos

    Reply
    • Ana Sousa Amorim

      Obrigada, Ana!!
      É como eu, mesmo o que não são nada de jeito, têm momentos deliciosos e acabo sempre emocionada… 🙂
      Beijinhos

      Reply
  • Rita Pires

    Também sou fã do This is Us. Em Julho recebi a minha 2 alegria. Quando estava grávida de 31 semanas tive uma crise descomunal no meio do tribunal quando a minha irmã me pergunta se está tudo a andar para a chegada da Sofia. Desatei a chorar porque não, NÃO tinha nada feito e do irmão às 30 semanas estava tudo pronto. Que me sentia péssima. Blá blá blá. Nessa semana o episódio foi sobre a gravidez

    Reply
  • Rita Pires

    Nessa semana o episódio foi sobre a gravidez da mãe numa crise por causa da casa e dos berços. Senti-me menos ridícula e mais This is Us 🙂

    Reply
    • Ana Sousa Amorim

      Ahahah quem nunca teve um episódio de pânico assim? 🙂
      O bom da série é mesmo isso, faz-nos sentir normais!
      Beijinhos

      Reply

Leave a Reply