Eu faço assim Organização

O quarto do Gonçalo

Eu gosto de decoração. Sigo com atenção muitas tendências no Pinterest, gosto de deitar um olho a páginas giras no Insta e gosto de comprar coisas giras. Mas não tenho jeito nenhum, sou um falhanço na execução, parece que em minha casa nada fica giro. Farto-me de tudo num instante e juro que não entendo como é que tantas bloggers por aí têm casas tão giras com coisas tão simples e só cá em casa é que parece tudo parolo.

Antes de o Gonçalo nascer, preparei o quarto dele com o tempo e afinco de mãe de primeira viagem, mas com a falta de orçamento de freelancer em começo de vida. Comprámos um berço, um tapete e um muda fraldas no Ikea (não é muda fraldas, é uma secretaria alta que serve como muda fraldas). Reaproveitei um sofá de família, um abajur antigo que também tinha herdado, estantes do meu quarto em casa dos meus pais e as molduras em que tinha as indicações das mesas no nosso casamento em que coloquei imagens giras tiradas no Pinterest. Comprei tecido e cravei a minha irmã para fazer um cortinado e também a pus a pintar a parede com tinta que tinha sobrado da pintura da parede da sala da anterior casa.

Depois mudámos de casa e aproveitei praticamente tudo menos o cortinado que era demasiado curto e o sofá que passou para o quarto dos irmãos. Decidi reaproveitar uns cortinados que tínhamos no escritório, comprei um candeeiro na Leroy Merlin de resto ficou tudo igual.

Entretanto, como já estávamos fartos de adormecer no chão ao lado do Gonçalo quando ele acordava de noite, aproveitámos a mudança de casa e comprámos-lhe uma caminha de crescido onde podemos dormir com ele com conforto. Enquanto a caminha não chegou, dormimos com o colchão no chão.

Na semana passada, chegou a cama tenda do nosso índio.

Adoro. Comecei a ver estas camas no Pinterest há algum tempo e vi uma página no Facebook cá de Coimbra que as fazia, a Bom dormir & Bem Crescer. Não tinha referências nenhumas, mas arrisquei, contactei a página e tive muita sorte.

A Ana é quem está por detrás da Bom dormir & Bem Crescer e é muito simpática. Fomos falando ao longo da execução da cama, perguntou-me como queria os pormenores e dentro do prazo que me tinha oferecido disse-me que estava pronta e veio cá a casa montá-la.

Eu acho que ficou giríssima e a madeira vê-se que é boa e a estrutura firme. Como tinha andando a dormir com o colchão no chão desde que mudámos, noto bem a diferença, agora que o colchão está no estrado, acho que é mais confortável.

O Gonçalo adora a caminha, mas continua a gostar de ter companhia para a apreciar para mal dos meus pecados.

A cama terminou o quarto do Gonçalo na casa nova… Simples, básico, barato e a maioria das vezes desarrumado (é óbvio que tirei a roupa suja do cesto para as fotos, geralmente está sempre roupa a sair do cesto…).

3 Comments

  • Anónimo

    Sabes Ana!! Mais do que uma casa bem decorada uma casa precisa é de ter carácter! Eu valorizo cada objecto que tenho porque traz-me à memória recordações vivências o que me custou comprar etc!
    O quarto do teu menino está lindo, e estás enganada, tens muito bom gosto!! Um beijinho para ti para o Gonçalo e claro… para os gémeos!❤️

    Reply
  • Ana Sousa Amorim

    Obrigada!!! Beijinhos também*****

    Reply
  • manela

    A tenda do índio ficou ótima. Não importa o preço ( a qualidade sim… ) mas o cuidado e o amor com que foi feita a decoração. E sei que o Gonçalo aprecia!

    Reply

Leave a Reply