Category

Três aos Trinta e Três

Três aos Trinta e Três

Três aos Trinta e Três – Dia do Pai

Pedi ao pai dos meus filhos que explicasse o que é ser pai de três aos trinta e três.

 

 

 

O repto era simples – e, convenhamos, adequado, uma vez que sou o progenitor desta pandilha – descrever o que é ser pai dos três que fazem parte do título deste blog.

Já a resposta não tem nada de simples.

Da minha óptica o blog seria “3 aos 33”, o que também continuaria a ser catchy.

E se olhasse para trás e me dissessem que seria este o meu (nosso) quotidiano, eu diria para virarem essa boca para lá.

Sempre quis ter filhos. Mas nem sempre quis ser pai. Ou melhor, nem sempre soube o que é ser pai.

Não que agora saiba o que é ser pai, ou o que é suposto um pai fazer.

Adorei o meu pai. E ainda o adoro na sua ausência tão presente.

E adoro os meus filhos! Cada qual à sua maneira, tão indescritível que acho que só cada pai saberá imaginar.

Mas sinceramente não sei o que é ser pai.

Gosto de acreditar que não mudei muito do que era antes de ser pai, apenas o qb. Por outro lado é bom que tenha mudado alguma coisa, porque havia muito para mudar.

Ser pai é não me preocupar se durmo ou como, desde que eles façam cocó. É antever uma birra, respirar fundo dez vezes, dizer não umas três vezes e esquecer imediatamente o sucedido porque do nada surgiu uma gargalhada inocente, genuína e retemperadora. É deixar de se fazer muitas coisas de que se gosta porque o dia só tem vinte e quatro horas, a canalha precisar de atenção 24/7 e mesmo assim não olhar para trás com pesar.

Pelo contrário. É a vontade de olhar em frente e pensar “se o Gonçalo com 1 ano e meio é assim, imagina quando forem os gémeos com essa idade!”

É uma simultaneidade de sensações que passa por achar que se está a fazer o melhor que se sabe, para, no momento seguinte, perante um espirro, pensar “caramba, deixei alguma janela aberta e a miúda já se constipou!” (isto é falso, nem em pensamentos a palavra caramba faz parte do meu léxico).

É demorar uma hora a escrever algo que demoraria 5 minutos, mas as put@s das chuchas não param de cair!

No Comments